23/04/2019 14h51 - Atualizado em 23/04/2019 14h51

SIMTE Dourados participa de audiência pública na assembleia legislativa: "Administrativos em Educação lutando por valorização"

Governo do Estado tem se recusado a atender a demanda do administrativo educacional

Por: Assessoria/com Fetems
 
 
Servidores(as) estaduais administrativos(as) da Educação lotaram o plenário do legislativo
fotos: Maria Zelba Servidores(as) estaduais administrativos(as) da Educação lotaram o plenário do legislativo
fotos: Maria Zelba

O SIMTED Dourados esteve presente na Audiência Pública "Administrativos em Educação lutando por Valorização", realizada nesta segunda-feira (22), na Assembleia Legislativa do Estado, em Campo Grande (MS).

O Governo tem se recusado a atender os(as) trabalhadores(as) administrativos do Estado. Dentre as pautas da categoria estão a chamada de concursados(as) do administrativo da Educação, política salarial, incorporação do abono salarial e manutenção da carga horária de seis horas.

O Deputado Estadual Pedro Kemp, presidente da Comissão de Educação, Cultura, Desporto, Ciência e Tecnologia da Casa de Leis e propositor da audiência pública, participou do debate com os(as) trabalhadores(as) administrativos(as) da educação de todo o Estado, que lotaram o plenário da assembleia.

 
SIMTED Dourados esteve representado durante o debate sobre a valorização do administrativo educacional do Estado
foto: SIMTED Dourados SIMTED Dourados esteve representado durante o debate sobre a valorização do administrativo educacional do Estado
foto: SIMTED Dourados

O SIMTED Dourados estiveve representando por educadores(as) de Dourados, na luta pela valorização do administrativo educacional.

Dentre todo o funcionalismo do estado, o administrativo educacional tem a pior tabela, tendo valor inferior ao salário mínimo.

Outra pauta debatida foi o corte do ponto dos(as) servidores(as) que participaram da Paralisação Nacional do último dia 22 de março. O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Administrativos em Educação de Campo Grande (SINTEDE), Wilds Ovando, reiterou que "sempre fizemos reposição dos dias paralisados. Não entendemos o porquê do corte se o governo sabe que fazemos a reposição".

Nesta quarta-feira, às 16h representantes do administrativo educacional do estado terão uma reunião com o secretário de Estado de Administração e Desburocratização (SAD), Roberto Hashioka, para discutir o reajuste 2019.

Canais

Notícias
Artigos
Serviços
Fotos

Expediente

Missão
História
Palavra do Presidente
Estatuto
Filie-se

Siga-Nos

Facebook
Twitter

Rua Maria da Glória, 670
Vila Industrial - Dourados - MS

Tel. (67) 3421-3749