História

 

O Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação – SIMTED, de Dourados é fruto de um período histórico da vida nacional caracterizado por uma dualidade: de um lado, o Estado de exceção, a ditadura militar, a partir do golpe de 1964 e, conseqüentemente, de outro, um movimento de grande contestação por parte de setores da sociedade, sobretudo dos mais intelectualizados, caso dos/as profissionais da Educação. Não havia a possibilidade de livre sindicalização e as categorias profissionais se organizavam em associações. Organizar os/as trabalhadores/as, àquela época, era bem mais do que uma luta corporativa, era lutar pela liberdade inexistente na sociedade.

Desta forma, o SIMTED de Dourados, inicialmente, nasceu como ADP (Associação Douradense de Professores). A idéia surgiu de uma reunião informal, quando os professores José Laerte Cecílio Tetila, Sultan Rasslan e Wilson Valentim Biasotto se propuseram a organizar uma entidade que representasse os interesses dos professores e professoras.

O professor Sultan Rasslan, que era presidente da Câmara Municipal na época, facilitou a organização da entidade, uma vez que colocou o recinto da Câmara à disposição para as reuniões de um grupo emergente que faria a fundação da referida associação: Sultan Rasslan, Kiyoshi Rachi, Isaura Higa, Abramo Loro Neto, Antonio Carlos Biffi, Ana Lúcia Biffi, Nilcéia Maria Pacco Mendes, Arino Braga do Amaral, Helena Maria Schvarcz Biasoto, Aparecida Cazon, Wilson José Moretti, Julio Bellucci, Sidney Gomes, Marlene Costa, Dalva Maria de Souza, José Laerte Cecílio Tetila, Zonir Freitas Tetila, Telma Valle Loro e Wilson Valentim Biasoto.

Este grupo de trabalho elegeu como principal tarefa a elaboração de um projeto de estatuto para a futura associação que foi recebida entusiasticamente pela maioria do professorado douradense.

Em 07 de maio de 1978, foi realizada no Anfiteatro do Centro Pedagógico de Dourados (CPD), atual UFGD, a 1ª Assembléia Geral dos professores/as de Dourados com o objetivo de formar e instalar a Associação Douradense de Professores/as. Compareceram 104 professores/as e os trabalhos foram presididos pelo Professor José Laerte Cecílio Tetila, que era, até então, o presidente da diretoria provisória.

O Encontro foi marcado por discussões extremamente ricas sobre a forma de organizar a luta dos/as profissionais da educação e como coroamento foi eleita a chapa única, que concorreu e venceu a primeira eleição da ADP, constituída pelos/as professores/as: Wilson Valentim Biasoto (presidente), José Laerte Cecílio Tetila (vice-presidente), Antonio Carlos Biffi (Secretário), Aparecida Cazon (2ª secretária), Arino Braga do Amaral (tesoureiro), Abramo Loro Neto (2º tesoureiro), Nilcéia Maria Pacco Mendes (diretora cultural), Marlene Costa (diretora social), Julio Belucci (diretor esportivo), Sidney Gomes (diretor de relações públicas) Wilson José Moretti (diretor de ética). Essa diretoria construiu um alicerce tão sólido, que até hoje o sindicato é respeitado em todo o Estado pela sua organização, tradição, seriedade e liderança.

Com o processo de redemocratização do país e a promulgação da Constituição Cidadã de 1988, foi permitido aos /às servidores/as públicos/as a sindicalização e,então, no dia 14 de março de 1989, a ADP transformou-se em SIMTED (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação de Dourados), que era presidido à época pelo professor Lauro Sérgio Davi. Na sequência, o sindicato foi presidido pelos Professores: Rudimar Zachert (1991 a 1995), Ricardo Anzoategui, (1995 a 1999), José Carlos Brumatti (1999 a 2006) e Eliza Cristaldo Romero Ogima (2006 a 2009).

Canais

Notícias
Artigos
Serviços
Fotos

Expediente

Missão
História
Palavra do Presidente
Estatuto
Filie-se

Siga-Nos

Facebook
Twitter

Rua Maria da Glória, 670
Vila Industrial - Dourados - MS

Tel. (67) 3421-3749